A vida na Fundação CASA

A vida na Fundação CASA

Adolescentes de um centro de reincidentes da Fundação CASA, internados por diferentes atos infracionais, estudam e procuram como passar o tempo

 

 

  • Um muro improvisado divide a unidade da Fundação CASA visitada pelo EL PAÍS, hoje dois centros que abrigam 60 adolescentes cada, sob direções diferentes. 1Um muro improvisado divide a unidade da Fundação CASA visitada pelo EL PAÍS, hoje dois centros que abrigam 60 adolescentes cada, sob direções diferentes. LILO CLARETO
  • A entrada das instalações onde ficam os jovens, divididos em dois centros. 2A entrada das instalações onde ficam os jovens, divididos em dois centros. LILO CLARETO
  • As regras são estritas inclusive na hora de comer. Sobretudo na fase inicial – onde ficam assim que ingressam na Fundação –, os adolescentes devem manter silêncio e são responsáveis por recolher o próprio lixo. 3As regras são estritas inclusive na hora de comer. Sobretudo na fase inicial – onde ficam assim que ingressam na Fundação –, os adolescentes devem manter silêncio e são responsáveis por recolher o próprio lixo. LILO CLARETO
  • As passagens de um ambiente a outro, nos centros, implicam em grades e portas sempre fechadas. 4As passagens de um ambiente a outro, nos centros, implicam em grades e portas sempre fechadas. LILO CLARETO
  • As aulas do ensino formal tomam grande parte do dia dos meninos, e, uma vez formados, eles saem da internação com diplomas de escolas da rede estadual que se associam à Fundação CASA e que estão próximas de cada unidade. 5As aulas do ensino formal tomam grande parte do dia dos meninos, e, uma vez formados, eles saem da internação com diplomas de escolas da rede estadual que se associam à Fundação CASA e que estão próximas de cada unidade. LILO CLARETO
  • Estudar toma metade do dia dos adolescentes. 6Estudar toma metade do dia dos adolescentes. LILO CLARETO
  • O uniforme básico é calça e blusa de moletom, camiseta, meia e chinelo. No calor, eles usam bermuda. 7O uniforme básico é calça e blusa de moletom, camiseta, meia e chinelo. No calor, eles usam bermuda. LILO CLARETO
  • A biblioteca da unidade conta com vários títulos de ficção e não ficção doados à Fundação. 8A biblioteca da unidade conta com vários títulos de ficção e não ficção doados à Fundação. LILO CLARETO
  • Uma das atividades preferidas dos jovens internados é assistir a televisão. Eles têm acesso a filmes e programas de TV não noticiosos. Mas, entre uma troca de canal e outra, ficam sabendo de temas factuais, como a redução da maioridade penal, em debate no país. 9Uma das atividades preferidas dos jovens internados é assistir a televisão. Eles têm acesso a filmes e programas de TV não noticiosos. Mas, entre uma troca de canal e outra, ficam sabendo de temas factuais, como a redução da maioridade penal, em debate no país. LILO CLARETO
  • Intervenção na parede de uma sala, feita por jovens católicos que fizeram uma visita especial à Fundação. 10Intervenção na parede de uma sala, feita por jovens católicos que fizeram uma visita especial à Fundação. LILO CLARETO
  • Os uniformes são marcados individualmente com um código. Os chinelos são uma maneira de evitar que sejam escondidos itens proibidos dentro dos sapatos. 11Os uniformes são marcados individualmente com um código. Os chinelos são uma maneira de evitar que sejam escondidos itens proibidos dentro dos sapatos.

Gostou deste artigo? Mantenha-se informado juntando-se à nossa newsletter!

Comentários

Você precisa estar logado para postar um comentário.

Sobre o Autor