Atacante da moda": imprensa espanhola exalta Gabigol e lembra de antigo acordo com o Barça

Neste último domingo (17 de novembro) apesar da expulsão no segundo tempo, foi de Gabigol o gol da vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre, pela 33ª rodada do Brasileirão. Com mais três pontos somados e o empate do Palmeiras em 1 a 1 com o Bahia, na Fonte Nova, o Rubro-Negro agora está 13 pontos à frente do Alviverde na tabela, restando cinco rodadas para o fim da competição.

E a boa fase que vive o camisa 9 do clube carioca foi exaltada na imprensa espanhola. Em publicação nesta segunda-feira (18), o jornal catalão Mundo Deportivo falou do momento do jogador de 23 anos e o classificou como “o atacante da moda no Brasil”, lembrando dos seus 38 gols marcados em 53 jogos, que o colocam como artilheiro da Conmebol Libertadores e do Brasileirão, duas competições que ainda pode proclamar-se campeão em 2019.

Além disso, o veículo também lembrou de um antigo acordo que o Barcelona chegou a ter pelo atacante, em 2013, quando contratou Neymar junto ao Santos. Na época, além do camisa 10 da Seleção Brasileira e PSG, os catalães também desembolsaram 7,9 milhões de euros (R$ 36,6 milhões) pela prioridade de compra de Gabigol e ainda Giva e Victor Andrade.

Apesar de não ter tentado efetivamente a sua contratação, o Barcelona chegou, inclusive, a denunciar o Santos na Fifa, quando o clube brasileiro negociou Gabigol com a Inter de Milão, logo após a medalha de ouro conquistada pelo jogador no Jogos Olímpicos de 2016, pedindo que a sua prioridade de compra fosse respeitada.

Gabigol assinou contrato de empréstimo com o Flamengo até o fim deste ano, e os Rubro-Negros já deixaram claro que tentarão contratá-lo em definitivo, junto à Inter de Milão.

Gostou deste artigo? Mantenha-se informado juntando-se à nossa newsletter!

Comentários

Você precisa estar logado para postar um comentário.

Sobre o Autor