Origami – Origem da técnica milenar e como fazer seu origami

Uma atividade divertida e gostosa e que impulsiona o raciocínio lógico. Mas, poucos sabem que essa é uma técnica antiga.

Embora os historiadores não saibam dizer exatamente quando o origami surgiu, suspeita-se que foi nos  séculos V e VI. Acredita-se que ele nasceu, eventualmente, após a invenção do papel na China.

Conforme o papel foi introduzido no Japão, a técnica de fazer desenhos com ele surgiu naturalmente. As dobraduras eram representações da natureza e tinham um significado religioso. Anteriormente, no Japão, o Estado e a religião eram um só, por isso a unanimidade dos símbolos. Por exemplo, o tsuru (cegonha) simboliza a felicidade, boa sorte e saúde.

No entanto, havia regras para se produzir origamis. Para realizá-los, era necessário a confecção de papéis manufaturados, ou seja, exigia um alto custo. E somente sacerdotes xintoístas e adultos poderiam fazer as dobraduras.

Por causa disso, até a metade do século XIX, as crianças não podiam desfrutar dessa atividade. Contudo, em 1976, a arte de fazer dobraduras passou a ser ensinada nas escolas.

Mas como fazer um origami? 

Origami - saiba a origem e como fazer essa técnica milenar
Origami - saiba a origem e como fazer essa técnica milenarSegredos do Mundo

Fonte: wp

Listamos algumas dicas que irá lhe ajudar a fazer uma dobradura.

Sobretudo, procure uma superfície plana, lisa e iluminada. Para realizar a técnica é necessário que nada seja um empecilho para o papel. Se acaso você for fazer origami pela primeira vez, procure utilizar um papel mais fino. Acima de tudo, tenha certeza de que você entendeu todas as instruções dadas para fazer o símbolo que deseja. Para que os vincos das dobras fiquem bem definidos, passe a unha sobre eles. Mesmo que esteja difícil, não desista. Tenha paciência e repita quantas vezes for necessário. Lembre-se que a prática leva a perfeição. Por fim, sempre siga as instruções a risca. E, se possível, utilize panfletos ou qualquer outra papel que dê para você reutilizar.

Gostou deste artigo? Mantenha-se informado juntando-se à nossa newsletter!

Comentários

Você precisa estar logado para postar um comentário.

Sobre o Autor